Sobre o Rodrigo Bastos

5º Lugar Mundial (Granada-Espanha/2014)
Melhor Resultado do Time Olimpico Brasileiro da sua História

COPA DO MUNDO 2014 TUCSON/ARISONA-EUA - 6º Lugar
Atleta 1º Colocado no Ranking Brasileiro de Fossa Olimpica

Palestras Motivacionais com o Rodrigo Bastos

"COMPETÊNCIA, PROFISSIONALISMO E RESULTADOS"

Contrate agora, mais informações pelo telefone (42) 99955-9999

Curriculum

História

O atirador RODRIGO PIMENTEL BASTOS, nasceu em Guarapuava, Estado do Paraná, aos 04 de julho de 1967, sendo filho de Norton Pacheco Bastos e Letícia Pimentel Bastos. Com a idade de 12 anos, em 1979, teve seus primeiros passos no esporte, na modalidade de tiro, quando da fundação do Clube de Caça e Tiro de Guarapuava, já revelando seu talento e continuou, até hoje, colecionando títulos e destacando-se no cenário brasileiro e internacional.

1979 a 1981

Campeão Paranaense Juvenil - Trap-Americano (1979); Campeão Brasileiro Juvenil - Trap-Americano, classificando-se para o Campeonato Mundial nos Estados Unidos, ranqueou-se entre os 20 melhores do mundo (1980); Campeão Brasileiro Juvenil - Trap-Americano, sendo classificado em 4º lugar em todas as categorias; Campeão Torneio "Maçã de Ouro", em Guarapuava, classificando-se em 1º lugar no Trap-Americano (1981);

1982 a 1984

Campeão Paranaense Trap-Americano Seniors; Campeão Torneio "Maçã de Ouro" (1982); Campeão Catarinense - Trap-Americano Seniors; Campeão Brasileiro - Trap-Americano, em todas as categorias classificando-se para disputar o Campeonato Mundial nos Estados Unidos; Tri-Campeão Torneio "Maçã de Ouro" posse definitiva do troféu; Campeão Brasileiro por equipe (1983); Campeão Brasileiro Trap-Americano, em todas as categorias individual e por equipe; Vice Campeão do Grande Prêmio Brasil - modalidade Fossa Olímpica, no Rio de Janeiro (nível internacional), (1984).

A partir de 1984, especializou-se na modalidade de Fossa Olímpica, já introduzida nos Jogos Olímpicos, e participando da 1ª seletiva para a Olimpíada de 1984, classificou-se em 2º lugar quebrando seu próprio recorde de 196/200; inscrito em Torneios Pré Olímpicos, como a Copa Benito Juarez, no México, conseguiu para o Brasil a 1ª Medalha de Ouro, Campeão da modalidade Fossa Olímpica, competindo com os melhores atiradores do mundo. Nos anos seguintes a ascensão de Rodrigo Bastos foi extraordinária e hoje esta ranqueado entre os melhores do Brasil e respeitado a nível mundial; relacionamos seus títulos por ano de disputa, a saber:

1984

Vice-Campeão Paranaense - Fossa Olímpica (adulto);
Vice-Campeão Mineiro - Fossa Olímpica (adulto);
2º lugar - Ranking Brasileiro, com direito a integrar a delegação Olímpica Brasileira.

1985

Vice-Campeão Paranaense - Fossa Olímpica (adulto); Vice-Campeão Gaúcho - Fossa Olímpica (adulto);
Campeão Brasileiro - individual e por equipe - Fossa Olímpica (adulto);
Medalha de Bronze - Campeonato Mundial - Itália Monte Cattini, (categoria júnior);
Medalha de Prata - Campeonato das Américas - EUA (equipe - adulto);
Medalha de Prata - Torneio Argentina/Brasil (adulto); Campeão Mineiro - Fossa Olímpica (adulto);
Campeão Carioca - Fossa Olímpica (adulto);
Campeão Paulista - Fossa Olímpica (adulto);
Campeão - Torneio Norte/Nordeste (adulto);
Campeão Sul-Americano - individual e por equipe (adulto);

1986

Vice-Campeão Paranaense - Fossa Olímpica (adulto);
Vice-Campeão Paulista - Fossa Olímpica (adulto);
Vice-Campeão Mineiro - Fossa Olímpica (adulto);
Vice-Campeão Gaúcho - Fossa Olímpica (adulto);
Campeão Carioca - Fossa Olímpica (adulto);
Campeão - Torneio Norte/Nordeste (adulto);
Campeão Sul-Brasileiro - Fossa Olímpica (adulto);
Bi-Campeão Sul-Brasileiro - Fossa Olímpica (adulto);
Vice-Campeão Sul-Americano - Fossa Olímpica (adulto);
Campeão - Torneio Benito Juarez (México), equipe brasileira;
Campeonato Mundial - Suhl-Alemanha Oriental (equipe brasileira);

1987

Campeão Paranaense - Fossa Olímpica (adulto);
Tri-Campeão Mineiro - Fossa Olímpica (adulto);
Campeão Sul-Brasileiro - Fossa Olímpica (adulto);
Vice-Campeão Brasileiro - Fossa Olímpica (adulto);
Campeão Sul-Americano - Fossa Olímpica (Equador);
5º lugar Campeonato Mundial - Fossa Olímpica (categoria júnior);
Vice-Campeão - Fossa Olímpica - Torneio Benito Juarez (México), eventos preparativos para os Jogos Panamericanos de 1987 e Jogos Olímpicos de 1988;
4º Lugar Individual - Jogos Pan-Americanos;
3º Lugar por equipe - Jogos Pan-Americanos, conseguindo vaga para os Jogos Olímpicos de SEUL - Coreia do Sul

1988

Vice-Campeão Paulista - Fossa Olímpica adulto (1ª prova do ano);
Campeão Paranaense - Fossa Olímpica adulto;
Campeão Norte/Nordeste - Fossa Olímpica adulto;
Campeão Mineiro - Fossa Olímpica adulto;
Campeão Sul-Brasileiro - Fossa Olímpica adulto (Porto Alegre-RS);
Vice-Campeão - Copa Latina - Fossa Olímpica adulto (Romênia);
Campeão Torneio Brasil/Argentina - Fossa Olímpica adulto;
Medalha de Ouro - Copa do Mundo, Torneio Benito Juarez (México), categoria adulto - individual; Medalha de Ouro - Copa do Mundo, Torneio Benito Juarez (México), categoria adulto - equipe;
Vice-Campeão no Campeonato Mundial de Fossa Olímpica (Munique - Alemanha);
4º lugar - Olimpíada de Seul (Coréia do Sul);
1º lugar - Ranking Brasileiro (durante o ano).

1989

Campeão Paranaense - Fossa Olímpica (adulto);
Campeão Paulista - Fossa Olímpica (adulto);
Campeão Gaúcho - Fossa Olímpica (adulto);
Campeão do Brasil Central - Fossa Olímpica (adulto);
Vice-Campeão - Fossa Olímpica (adulto), Torneio Brasil/Argentina (Porto Alegre);
Campeão da Copa do Mundo Torneio Benito Juarez, Fossa Olímpica (adulto) México;
Medalha de Bronze - Torneio Benito Juarez, Fossa Olímpica (adulto) México;
8º Lugar - Ranking Mundial, convidado para o Campeonato Mundial, em Munique-Alemanha, não pode participar por falta de patrocínio;
1º Lugar no Ranking Brasileiro.

1990

Campeão Paranaense - Fossa Olímpica (adulto);
Campeão Gaúcho - Fossa Olímpica (adulto);
Campeão Sul-Brasileiro - Fossa Olímpica (adulto);
Campeão Norte/Nordeste - Fossa Olímpica (adulto);
Vice-Campeão Mineiro - Fossa Olímpica (adulto);
Vice-Campeão Paulista - Fossa Olímpica (adulto);
8º lugar - Copa do Mundo - Torneio Benito Juarez, Fossa Olímpica (adulto) México;
1º Lugar no Ranking Brasileiro.

1991

Campeão Paranaense - Fossa Olímpica (adulto);
Campeão Gaúcho - Fossa Olímpica (adulto);
Campeão Paulista - Fossa Olímpica (adulto);
Campeão Mineiro - Fossa Olímpica (adulto);
7º lugar - Jogos Panamericanos (Havana-Cuba);
7º lugar Campeonato Mundial - Fossa Olímpica (Los Angeles, EUA);
1º Lugar no Ranking Brasileiro.

1992

Campeão Paranaense - Fossa Olímpica (adulto);
Campeão Paulista - Fossa Olímpica (adulto);
Campeão Mineiro - Fossa Olímpica (adulto);
Campeão Gaúcho - Fossa Olímpica (adulto);
7º lugar - Copa do Mundo - Torneio Benito Juarez, Fossa Olímpica (adulto) México;
Campeão Sul-Brasileiro - Fossa Olímpica (adulto);
Campeão da Prova Internacional - Hamilton Cordova (adulto);
Campeão Brasileiro - Fossa Olímpica;
Campeão Sul-Americano - Fossa Olímpica (adulto);
Campeão do Torneio Brasil X Argentina; 1º Lugar no Ranking Brasileiro.

1993 e 1994:

Nos anos de 1993 e 1994 o atleta não participou de nenhuma competição.

1995

Campeão Gaúcho - Fossa Olímpica (adulto);
Campeão Sul-Brasileiro - Fossa Olímpica (adulto);
1º lugar - Campeonato da Paraíba - Fossa Olímpica;
3º lugar - Campeonato Mineiro - Prova Silvério Cartafina;
1º lugar - Campeonato de BH - Prova Osvaldo Borges da Costa Fossa Olímpica;
Campeão Paranaense - Fossa Olímpica (Ranking Brasileiro);
Campeão Paulista.

1996 a 1999:

Nos anos seguintes o atleta participou de algumas competições embora sem expressão no ranking nacional, retornando efetivamente apenas a partir de 2000.

1999

14º Lugar - Campeonato do Mundo em Barcelona (Espanha).

2000

Campeão Paranaense - ranking nacional;
Campeão Paulista - ranking nacional;
Campeão Gaúcho;
Campeão Mineiro;
Campeão Cearense;
Campeão Copa Rezzini - Americana-SP (Prova internacional com participação de 07 países);
1º lugar Grande Prêmio Cidade de Americana - SP;
Campeão do Torneio do SUL AMERICANO (Santa Cruz De La Sierra - Bolívia).

2001

3º lugar Iindividual - Campeonato Sulamericano de todos os desportos olímpicos;
3º lugar por Equipe - Campeonato Sulamericano de todos os desportos olímpicos;
Campeão Catarinense - ranking nacional;
2º lugar no Campeonato Paulista; Campeão Paranaense - ranking nacional;
2º lugar Campeonato Gaúcho;
6º lugar COPA DO MUNDO (Lima - Peru).

2002

Medalha de bronze individual - ODESUR - SULAMERICANO;
Medalha de bronze por equipe - ODESUR - SULAMERICANO;
2º lugar - Campeonato Gaúcho;
2º lugar - Copa Rezzini (participação de 07 países);
1º lugar - Grande Prêmio Cidade de Americana-SP;
Campeão do Torneio Nacional - Fortaleza - CE;
1º lugar individual - Campeonato Paulista;
Campeão Catarinense (Ranking nacional);
4º lugar - Campeonato Brasiliense (Brasília - DF)

2003

1ª prova classificatória para os Jogos Pan Americanos de Santo Domingo – Rep. Dominicana – Recorde Brasileiro – 1 º lugar – Brasília – DF
2ª prova classificatória para os Jogos Pan Americanos de Santo Domingo - Rep. Dominicana – 3º lugar – Americana - SP
3ª prova classificatória para os Jogos Pan Americanos de Santo Domingo - Rep. Dominicana – 2º lugar – Bento Gonçalves-RS
4ª prova classificatória para os Jogos Pan Americanos de Santo Domingo - Rep. Dominicana – 1º lugar – Americana/SP
5ª prova classificatória para os Jogos Pan Americanos de Santo Domingo - Rep. Dominicana – 1º lugar – Americana/SP
6ª prova classificatória para os Jogos Pan Americanos de Santo Domingo - Rep. Dominicana –
1º lugar – Uberaba/MG

CAMPEÃO DO TORNEIO PRÉ PANAMERICANO DE SANTO DOMINGO – REPÚBLICA DOMINICANA COPA DO MUNDO – GRANADA - ESPANHA – 15º LUGAR MEDALHA DE PRATA NOS JOGOS PAN AMERICANOS DE SANTO DOMINGO - REPÚBLICA DOMINICANA – RECORDE BRASILEIRO 124/125 RECORDE SULAMERICANO RECORDE PANAMERICANO RECORDE OLÍMPICO RECORDE MUNDIAL**

** É de se salientar que a modalidade de tiro ao prato – fossa olímpica sofre alterações ocasionalmente, visando aumentar o grau de dificuldade da modalidade. O recorde foi batido com todas as últimas alterações feitas na modalidade. Por esse motivo, nosso resultado está consideração pela Confederação Brasileira de Tiro como novo recorde em todos os níveis, inclusive olímpico e mundial . A CBTE já encaminhou ofício à ISSF para homologação de todos os recordes.

2004

Jogos Olímpicos de Atenas - 11º Lugar
Participação no pré-olímpico Atenas- 12º Lugar
Campeão Brasileiro - agosto em americana São Paulo
Campeão Sul-Americano Buenos Aires Argentina

2005

Campeão Paranaense etapa do Brasileiro
Campeão Brasileiro em Belo Horizonte/MG
Campeão Sul-Americano (Americana/SP)
Campeão da Continental (Americana/SP)
Campeão Paulista
Campeão Gaúcho
Campeão Mineiro

2006

Campeão Brasileiro em Curitiba - Recorde Mundial 125 em 125 mais 23 na final totalizando 148, até hoje não foi batido. Campeão Sul-Americano (Americana/SP) Campeão Paulista Campeão Gaúcho Campeão Mineiro

2007

Participante dos jogos Panamericano no Rio de Janeiro

2009

Campeão Paulista
Campeão Gaúcho
Campeão Paranaense
Campeão Brasileiro no Rio de Janeiro

2012

Campeão Sul-Americano (Lima/Peru)
Campeão Brasileiro
Etapa de Curitiba
Etapa de São Paulo
Etapa de Uberaba
Etapa de Caxias do Sul

2013

Campeonato Mundial (Lima/Peru) - 9º Lugar
Entrando entre os 15 melhores do mundo na modalidade no ano
Segundo lugar na competição Ibero Americana
Campeão Brasileiro Etapas: Paranaense, Paulista, Gaúcha e Mineira

2014

Campeonato Mundial (Granada Espanha) maior prova do tiro mundial - 5º Lugar - Melhor resultado do Tiro Brasileiro
Premio melhor atleta do ano realizado no Rio de Janeiro
Campeão Brasileiro Etapas: Curitiba e São Paulo
Copa do Mundo Tucson EUA - 6º Lugar

Atleta Rodrigo Bastos entra no Top 10 do Mundo, grupo seleto dos melhores do mundo.

Patrocinadores



Contato

Endereço



Telefone: (42)99955-9999